Preenchendo o documento de compra e venda do carro

Documento de compra e venda do carro, aprenda a preencher




Como preencher o documento de compra e venda do carro

A burocracia é complexa e todo brasileiro sabe disso. Aqueles que possuem carros, que pagam IPVA e que tiraram a sua carteira da habilitação sabem mais ainda que esse sistema complexo se intensifica quando estamos falando de condução de carros e propriedade de automóveis. Toda a papelada e documentação é extensiva e parece ser impossível terminá-la, mas se você souber os truques e as informações para fazer o necessário, terá muito menos dor de cabeça e será muito mais bem sucedido na sua missão. Para saber como preencher o documento de compra e venda do carro, continue lendo esse artigo.

Documento de compra e venda do carro

Instruções

1 – Primeiramente, é importante saber para que serve essa documentação. Para vender carrosno Brasil, as coisas não são tão simples quanto pensamos. Se fosse apenas receber o dinheiro e entregar o carro seria ótimo, mas você deve preencher uma série de documentações que garantem a comprovação da propriedade do carro, documentações essas que são medidas de segurança contra furtos e assaltos de carro. Além disso, essa documentação protege o vendedor, pois se infrações transitais forem cometidas, quem arcará com as punições será o antigo proprietário do carro. Essa documentação é o CRV (Certificado do Registro de Veículo), antigo Documento Único de Transferência.

Documento de compra e venda do carro

2 – O CRV deve ser requisitado no DETRAN de seu Estado. Ele é um documento bastante simples que possui campos de preenchimento de dificuldade simples. Você deve colocar seu nome, o número de sua CNH (carteira nacional de habilitação), deve-se informar também o valor da transação, o RG (Registro Geral de Identificação) de ambas as partes, além do CPF/CNPJ de cada um. É importante também deixar claro a data em que a venda foi realizada. Depois de cumprir todos esses passos no preenchimento do documento de compra e venda do carro, basta fazer uma xerox e autenticar as duas vias no DETRAN mais próximo de você e que corresponda ao estado onde está registrado o carro. Na hora de apresentar a segunda via ao DETRAN, é necessário a apresentação de RG, CNH, número de chassi do carroe comprovante de residência de ambas as partes, para asseguramento da veracidade do documento.

É importante saber que se o documento não for enviado ao DETRAN em trinta dias, eles cobrarão uma multa sobre o vendedor de R$127,00 (cento e vinte sete reais) e você ganhará cinco pontos em sua carteira. Existe também a possibilidade de retenção do carro enquanto a situação não for totalmente regularizada.

3 – Se você achar o processo muito complexo e trabalhoso, você pode também dar essa missão a um despachante. O despachante é um profissional que trabalha no processo burocrático, principalmente em questão de documentação de carros. Procure o despachante mais próximo de você e solicite indicações acerca do preenchimento do documento de compra e venda de carros. Esse profissional irá solicitar seus documentos e preencherá o documento facilmente, além disso, proverá uma assistência grande acerca de quaisquer outras questões que você tenha acerca do processo de transferência de um carro ou automóvel.

Duvidas ou sugestões fale conosco AQUI.

Fonte: umcomo

Use as setas ← → (arrow) para avançar e ir até a PRÓXIMA página