Cuidados, Manutenção

Carro esquenta o que fazer

O que fazer se o meu carro esquenta

Saber o que fazer se seu carro esquenta permite estar em condições de responder perante uma situação que pode ser um perigo para a sua segurança. Primeiro, deve-se estacionar o carro ou pará-lo na beira da estrada e sinalizá-lo de forma adequada. Em seguida, após deixar que o motor esfrie, avalie se você pode solucionar o problema ou se é preferível ir a um mecânico. Fornecemos resposta à pergunta de o que fazer se o meu carro esquenta.

Carro esquenta

Instruções para evitar que seu carro deixe de esquentar

1 – Uma das coisas sobre o que fazer se seu carro esquenta é comprovar que as grades frontais do radiador não estejam tampadas, devido à sujeira. Especialmente se você acaba de fazer uma viagem longa de carro, podem ter sido incorporados nestas grades insetos, folhas ou outras partículas. Para limpá-las, use apenas água à pressão.

2 – Se o carro estiver quente demais, você deve parar a marcha e chamar um reboque para levá-lo até uma oficina mecânica. Se você circular com o motor em temperaturas muito elevadas, há um sério risco de estragar peças vitais e muito caras. Este sobreaquecimento pode ser causado por não circular adequadamente a água através do sistema de arrefecimento. Saiba que, em média, este líquido deve ser substituído a cada 2 ou 3 anos, entretanto, deve-se fazer a verificação das recomendações do fabricante para o seu veículo.

3 – Outra alternativa se seu carro aquecer é comprovar se ficou sem líquido refrigerante. Em caso de emergência, você pode encher o tanque de água até que possa comprar líquido refrigerador ou ir a um mecânico. Entretanto, deve-se ter muito cuidado para não se queimar, pelo que será preciso aguardar até que o motor esfrie. Neste artigo, explicamos o que fazer se o carro ficar sem água.

4 – Em qualquer caso, quando o seu carro aquecer, você deve estacioná-lo, desligar o motor e abrir portas e janelas. A seguir, protegendo as mãos para evitar queimaduras devido às altas temperaturas, abra o capô para facilitar o esfriamento do motor. Em seguida, avalie se podem ser realizadas as verificações que propomos ou se é preferível ir a um mecânico.

5 – Neste ponto, há que sublinhar que, no caso do carro ter atingido temperaturas muito altas, é preferível não voltar a circular com ele até que um profissional o tenha revisado. O objetivo é evitar danificar peças do motor que podem ser muito caras para repor. Assim, é sempre preferível chamar um reboque que leve o automóvel até uma oficina.

6 – Fazer uma boa manutenção periódica de seu automóvel ajudará a minimizar o risco de passar por uma situação como esta em que o carro aquece muito.

 

Duvidas ou sugestões comente abaixo ou FALE CONOSCO AQUI.

 

Fonte: umcomo

Use as setas ← → (arrow) para avançar e ir até a PRÓXIMA página